ΑΝΑΚΟΙΝΩΣΕΙΣ:   
Επιστροφή στα Νέα

Lisboa: Cultura recebe seis milhões de visitantes

Anualmente, só nas Festas de Lisboa participa mais de um milhão de pessoas.

Entre 2010 e 2012 foram promovidas cerca de 25 mil atividades em 40 espaços culturais de Lisboa. No total, a capital recebeu cerca de seis milhões de visitantes nestes locais, revela a Câmara Municipal de Lisboa (CML). Só nas Festas da Cidade, anualmente, participam mais de um milhão de pessoas, divididas em cerca de uma centena de atividades.

Nos museus, destacam-se o Museu de Santo António e o Museu do Fado. O investimento na criação de atividades levou à subida no número de visitas, diz a CML. Apesar disso, a vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, disse que os museus “têm uma dimensão cultural económica importante o que é muito difícil de fazer de acordo com as leis e constrangimentos desta administração pública. E acabam por ser prejudicados no cumprimento da sua missão”. Declarações feitas no dia em que se divulgou o balanço sobre as ações culturais desenvolvidas pela CML no triénio 2010/12.

O Museu de Santo António é um dos focos da nova aposta da CML no turismo religioso. Também o é a Casa Fernando Pessoa, que tem sofrido uma queda nas visitas.

Já integrada na EGAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural), a Casa Fernando Pessoa terá destaque em 2013, pois, serão comemorados os 125 anos do nascimento do poeta. “Vai permitir maior dinamismo e projetar a imagem de Pessoa quer na cidade quer internacionalmente como um ícone de Lisboa” afirmou a vereadora.

Nas bibliotecas, a Hora do Conto continua a ser a atividade com mais público. A Feira do Livro também tem registado um aumento de visitantes. O padrão dos descobrimentos é um dos monumentos mais visitados em Lisboa e em 2012 recebeu mais de 200mil pessoas.

O Castelo de São Jorge, considerado pelo Observatório de Turismo de Lisboa o quarto monumento mais visitado da cidade, merece destaque pelo aumento cinco vezes maior no número de atividades que se desenvolveram nos últimos dois anos, atingindo as250 em 2012.

Menos positivo é o balanço das galerias municipais. De 2011 para 2012, tem-se assistido a uma descida de participantes e só no Palácio Galveias houve um aumento de atividades. Esta descida é acompanhada também pelo cinema São Jorge e Teatros Municipais Maria Matos e São Luiz.