ΑΝΑΚΟΙΝΩΣΕΙΣ:   
Επιστροφή στα Νέα

Mourinho: 'Demorou cinco minutos para eu dizer sim de novo ao Chelsea'

Em sua primeira entrevista como treinador dos Blues, português relembra amor que o levou de volta ao clube após saída do Real Madrid

O técnico José Mourinho foi recebido em Londres nesta segunda-feira para sua segunda passagem como comandante do Chelsea. Ainda que não tenha sido oficialmente apresentado à imprensa, o português posou para fotos com a camisa do clube e deu sua primeira entrevista ao canal oficial de TV dos Blues.

No papo, Mourinho falou de sua felicidade em retornar a Londres, de suas passagens por Inter de Milão e Real Madrid e admitiu que, dessa vez, prefere ficar mais do que três anos no Chelsea:

- Não estou feliz, estou muito feliz. Demorei cinco minutos para dizer sim novamente ao Chelsea. Não penso em mim apenas como treinador do Chelsea, porque essa é a primeira vez que chego em um clube que já amo. Ser torcedor e treinador ao mesmo tempo é um sentimento novo e único para mim.

 

Sobre sua saída do clube, o português revelou que foi um momento difícil, mas uma "bênção disfarçada", já que desde sua saída, Mourinho realizou todos os seus sonhos e o Chelsea foi campeão europeu:

- Foi um momento difícil deixar o clube em 2007, porque amo isso aqui e tenho uma grande conexão com o clube. E, claro, para o Chelsea também não foi fácil. Mas se analisarmos de forma fria, foi fantástico. Minha carreira deslanchou, ganhei o Grand Slam (títulos nacionais na Espanha e Itália, além de Inglaterra e Portugal), ganhei mais uma Liga dos Campeões e o clube também foi campeão europeu.

Em seu histórico, Mourinho não passou muito mais do que três anos em um clube, dizendo sempre que preferia experimentar diferentes culturas. Dessa vez, porém, ele garante que seu projeto no Chelsea é de longo prazo:

- Espero ficar mais do que três anos, Quando olhamos o perfil do clube, há quatro ou cinco rapazes do meu tempo. E eles já estão mais velhos. Temos um elenco jovem no geral, que precisa de estabilidade para atingir seu ponto mais alto. Entre eu, os donos e os torcedores, não há dúvidas do que deve ser feito.